domingo, 6 de março de 2011

Caboclo (estudo número 1)

Eu sou caboclo, tenho os pés no chão
passo por passo, eu preciso andar
preso na mata, na escuridão
a estrela Dalva veio me guiar

tem sete-flechas no meu coração
um homem preso querendo cantar
são mil mulheres, nenhuma paixão
e uma estrada para caminhar

Um comentário:

  1. Meu querido, por que é que você não usa seus textos lindos na improvisação? Quer levar uns tapas? Francamente!

    ResponderExcluir